#3 dicas para engajar a sua equipe contábil em uma rotina eficiente

Você tem dificuldades para conseguir engajar a sua equipe contábil? Acredita que manter os funcionários do escritório com a motivação em alta é um dos grandes desafios de qualquer gestor? Então, esse artigo foi feito para você!

Separamos dicas práticas para você aumentar o nível de comprometimento dos colaboradores e também implementar a cultura organizacional que faça mais sentido para a sua realidade. Vamos lá? 

#1 Utilize um software de gestão de tarefas e processos

Além de evitar o recebimento de multas por atraso, a organização também é fundamental para a motivação do time. 

Por isso, o primeiro passo para engajar a equipe contábil é fazer com que cada um dos seus integrantes saiba exatamente o que e quando precisa fazer.

Ninguém gosta de ficar perdido em meio à tanta demanda, não saber por onde começar e não ter noção do nível de prioridade de cada tarefa. Tudo isso pode acabar causando procrastinação e diminuindo a eficiência do escritório.

Por isso, investir em um software de gestão de tarefas e processos é essencial. Afinal, o escritório precisa disponibilizar as ferramentas certas para que a sua equipe tenha o melhor desempenho possível, certo?  

O uso de plataformas assim também faz com que os gestores tenham mais informações em mãos para fazer as cobranças e o acompanhamento certo. 

O que queremos dizer com isso? 

Bem… É complicado exigir que o escritório tenha resultados de uma Ferrari quando os seus colaboradores tem um fusquinha em mãos. Pense na Ferrari como um gestor web de processos e tarefas contábeis e no fusquinha como as milhares de planilhas de controle com dados dispersos e sem padronização alguma. 

Ou seja: a partir do momento em que você tem a Ferrari, pode cobrar melhores resultados com segurança. 

E quando falamos em software de gestão de tarefas contábeis, precisamos falar de G-Click 🙂

Nossa plataforma é online, pode ser acessada de qualquer lugar e tem todas as funcionalidades necessárias para você engajar a sua equipe em uma rotina contábil eficiente.   

Por meio dela, os colaboradores irão saber exatamente o que e quando cada tarefa precisa ser feita, visualizando uma lista que apresenta o status de cada uma de maneira clara. 

Assim, fica muito mais fácil definir os níveis de prioridade de entrega e o fluxo diário de trabalho. 

#2 Tenha políticas claras de reconhecimento e recompensa

Muitos gestores esquecem da importância de feedbacks positivos, mas como seres humanos que somos, nós simplesmente precisamos deles para continuar fazendo um bom trabalho. 

Imagine que um vizinho querido está doente. Você sabe que ele tem muito apreço pelo seu jardim, afinal, antes de ficar doente, a primeira coisa que fazia todos os dias pela manhã era recolher as folhas que haviam caído durante a noite…

Você observava isso acontecer quando saia para o trabalho. 

Com a doença, ele está impossibilitado de recolher as folhas e aí, como uma gentileza, você passa a recolher as folhas para ele, antes de ir trabalhar, enquanto ele te observa pela janela.

Você faz isso durante uma semana e o seu vizinho simplesmente ignora este fato.

Não te fala nada, não te agradece… 

Você teria motivação suficiente para continuar recolhendo as folhas na próxima semana mesmo sabendo que o seu esforço não te gerou nenhum reconhecimento ou recompensa? Acho difícil, né? 

Tomadas as devidas proporções, a mesma coisa acontece quando há falta de feedback dentro do escritório contábil.

Tanto para criar modelos de comportamento quanto para motivar os funcionários, é preciso ter políticas claras de reconhecimento e recompensa. 

E para serem eficientes, elas devem estar diretamente alinhadas com os objetivos globais do escritório.

Por exemplo, se a principal meta é conseguir diminuir o valor gasto com o pagamento de multas por entregas em atraso, que tal premiar os colaboradores que mais contribuírem para isso? 

Tenha regras com critérios objetivos e mensuráveis para não gerar nenhum tipo de ruído de comunicação ou boatos de que esse ou aquele funcionário só foi escolhido porque é o queridinho do chefe. 

Na hora de definir como tudo irá funcionar, peça sugestões da equipe e informe o que ficou decidido de maneira clara. 

#3 Faça um calendário de reuniões e treinamentos

Usar momentos em que departamentos específicos ou que todos do escritório estão reunidos é uma ótima opção para a construção de uma rotina mais eficiente. 

Saia fora da caixa nas reuniões e faça dinâmicas que permitam a colaboração dos próprios colaboradores para a definição de objetivos, estratégias e um plano de ação concreto. 

Se conseguir engajamento nessa fase, com certeza tudo sairá do papel com muito mais facilidade e rapidez. 

Outra opção é mapear quais são os principais gargalos dos colaboradores, sejam eles técnicos ou de competências, e fazer treinamentos específicos para desenvolvê-los. 

Verificou que gestão de tempo é uma das principais fraquezas? 

Por que não convidar aquela funcionária que sempre entrega tudo em dia, consegue ajudar colegas de outros departamentos, é mãe de dois filhos pequenos e ainda tem tempo para a sua vida pessoal para compartilhar com os colegas como consegue dar conta de tudo? 

Essa é uma forma de reconhecer quem é bom em algo e inspirar outras pessoas criando um modelo de comportamento.

Bacana, né? 

Gostou das nossas dicas para engajar a sua equipe contábil em uma rotina eficiente? Se tiver sugestões de outras boas práticas, compartilhe com a gente nos comentários! 

Vamos fazer o mercado crescer juntos! 

Gostou do artigo?

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on linkedin
Compartilhe no Linkedin

Deixe um comentário!