Como planejar o 2020 do seu escritório contábil

Na correria das entregas e fechamentos de final de ano, muitas vezes o planejamento do escritório contábil fica de lado. 

Mas para começar 2020 com o pé no acelerador, é essencial ter objetivos claros e um plano de ação para saber como conquistar cada um deles. 

Por isso, a nossa dica é: se você é sócio de um escritório, dê um jeito de fechar pelo menos um turno da sua agenda para refletir e pensar estrategicamente sobre o próximo ano do negócio.

Baixe a nossa Planilha “GUT”, para a gestão do tempo e das metas do seu escritório. É muito importante controlar esses indicadores para planejar o seu próximo ano.

Se é um colaborador, também pode fazer a mesma coisa, focando na sua carreira e em metas profissionais.  

São nos momentos em que saímos do “piloto automático” que as mudanças mais significativas acontecem. 

Como fazer um planejamento eficaz?

Uma das principais vantagens de planejar o 2020 do seu escritório contábil é conseguir criar metas. Com elas em mãos, fica muito mais fácil alinhar e engajar toda a equipe em prol de um propósito único. 

As metas servem como um direcionamento. 

Depois de traçar um objetivo, fica muito mais fácil analisar e definir as ações que o levarão até o resultado esperado. É exatamente para isso que um planejamento serve. 

Para deixá-lo mais eficiente, você pode utilizar o método SMART. Com ele, cada meta é avaliada em uma espécie de checklist e cada sigla tem um significado. 

Vamos falar um pouco sobre cada um deles?

S — Specific, ou específica

Quanto mais específica uma meta for, maior será o entendimento de todos os envolvidos sobre o que exatamente precisa ser alcançado. 

Por exemplo, se “aumentar o número de clientes” fosse uma meta, ela não seria específica. Agora, se você fala que quer “aumentar em 10% o número de empresas simples nacional atendidas”, a história já muda. Percebeu? 

Na segunda opção fica muito mais claro qual é o nível de esforço e energia que deverão ser depositados para o alcance da meta. Além disso, é mais fácil descobrir quem serão os responsáveis finais por cumpri-lá.

M — Measurable ou mensurável

O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado, certo? 

Portanto, criar uma meta sem indicadores claros para mostrar se você está no caminho certo, não faz o menor sentido.

Sendo assim, o que irá indicar que as ações estão trazendo os resultados esperados?

A — Achievable ou atingível

Apesar de parecer óbvio, muitas empresas criam objetivos que simplesmente não podem ser atingidos. 

Esse é um erro bastante prejudicial, porque pode acabar gerando desmotivação e frustração na equipe. 

Por isso, na hora de traçar as metas, é muito importante se embasar em dados e dimensioná-la da maneira correta. 

Quais números do mercado embasam os objetivos? Com base no histórico do escritório, ele é mesmo alcançável? Quais fatores externos podem impactar?

R — Relevant ou relevante

Considerando que a meta é alcançável, quanto mais relevante for, maior será a motivação entre os envolvidos. 

Os objetivos do escritório devem gerar impacto direto no que mais importa, como o faturamento, o lucro e o nível de satisfação dos clientes. 

T — Time based, ou temporal

Qualquer meta traçada deve ter um prazo. 

Quando isso não acontece, ela pode ser alcançada em 1 dia, 1 mês ou 1 ano (tanto faz).

Os prazos são essenciais para trazer senso de urgência para os colaboradores e para que a meta não fique sempre para depois. 

Ou seja: na hora de planejar o 2020 do seu escritório contábil, a nossa dica é que todos os seus objetivos sejam metas SMART. Fez sentido? 

Desafios do cenário contábil para 2020

Além de olhar internamente para o escritório, um planejamento só fica coerente com a realidade quando você leva em conta o mercado.

E 2020 tem tudo para ser um ano cheio de mudanças importantes no cenário governamental e contábil. 

Para te ajudar a se preparar, separamos os pontos principais:

Mudanças Governamentais

Em 2020, espera-se que a Reforma Tributária seja aprovada no Congresso. 

Com isso isso, haverá uma unificação dos tributos, através da criação do Imposto sobre Bens e Serviços (IBS). 

Ou seja: alíquotas como ISS, ICMS, IPI, Cofins e PIS serão unificadas. 

Essa é só uma das mudanças fiscais previstas e o contador precisa acompanhar tudo de perto, se mantendo sempre atualizado. 

Relevância da presença digital 

Você já deve ter percebido que o perfil do consumidor mudou bastante nos últimos anos. Agora, as pessoas primeiro buscam esclarecer suas dúvidas na internet, antes de procurar um escritório. 

Isso significa que os negócios que não tem presença virtual simplesmente não existem.

Por isso, se você não quer perder espaço no mercado e quer continuar atingindo os seus clientes, investir em marketing digital é um pré-requisito.

Ter um site e redes sociais atualizadas com constância podem ser ótimos primeiros passos para colocar no planejamento. 

Aumento da contabilidade digital

O crescimento da contabilidade digital é um desafio para os escritórios que ainda prestam um serviço tradicional.

Durante 2019, vimos alguns se adequando a essa nova realidade e conquistando mais clientes por meio da prestação de um serviço ágil e moderno.

É preciso entender que implantar a contabilidade digital não é mais um diferencial do escritório. É necessidade. 

Neste contexto, contar com a ajuda de uma plataforma como a G-Click para conseguir ser cada vez mais eficiente, é fundamental. 

Só assim é possível ter mais tempo para atender os clientes de maneira personalizada e consultiva.

Quer saber como implantar a G-Click no seu escritório? Nossa equipe está pronta para fazer uma demonstração gratuita!

Gostou do artigo?

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on linkedin
Compartilhe no Linkedin

Deixe um comentário!