[Dezembro] Por dentro do mercado contábil

Dezembro chegou!

E que tal aproveitar estrategicamente o último mês do ano?

Você pode fazer um balanço dos resultados do escritório em 2019 e, assim, planejar o 2020, por exemplo. 

Olhar para tudo o que aconteceu é uma excelente maneira de descobrir o que tem dado certo, além de ver quais são os pontos que precisam de ajustes para fazer o negócio decolar. 

E se olhar para o lado interno é muito importante, ficar de olho nos acontecimentos externos que impactam o mercado contábil também é essencial. 

Por isso, aqui você vai encontrar aquele resumo das novidades para ficar atualizado sem perder muito tempo.  

Aproveite e não deixe de compartilhar esse link com o restante do escritório contábil! Vamos lá? 

AS ÚLTIMAS DO CENÁRIO CONTÁBIL

Fique de olho nas regras das férias coletivas 

Está chegando a hora em que muitas empresas optam pelas férias coletivas. Esse é um ótimo momento para você entrar em contato com os clientes da carteira, para se certificar de que tudo está indo bem e também para orientá-los. 

Lembre-se que houve uma significativa alteração no Art. 134 que por meio do seu parágrafo 3º, passou a proibir o início das férias no período de dois dias que antecede feriado ou dia de repouso semanal remunerado. 

Ou seja: nada de começar as férias coletivas em 23 ou 30 de Dezembro. 

Será que o valor do saque do FGTS vai aumentar? 

O saque de R$ 500 do FGTS está em vigor desde julho. Mas, com o calendário de retiradas instituído pela Caixa Econômica quase terminando, o valor limite para saques pode mudar para R$ 998 (no caso das contas que possuíam saldo de até um salário mínimo em julho).

A decisão de praticamente dobrar o valor máximo a ser retirado foi do Congresso Nacional. O novo limite já foi aprovado no Senado e, agora, só depende da sanção do presidente Jair Bolsonaro para que comece a entrar em vigor. 

Ficamos no aguardo! 

Governo acaba com multa de 10% do FGTS que ia para União

Falando em FGTS, tem mais novidades… 

O governo extinguiu a multa adicional de 10% do FGTS de demissões sem justa causa. A decisão faz parte da Medida Provisória 905, que criou o Programa Verde e Amarelo, voltado para a criação de empregos para os jovens. 

A MP já foi publicada no Diário Oficial da União, e não altera o pagamento da multa de 40% para os trabalhadores.

O fim da multa abrirá uma folga de R$ 6,1 bilhões no teto de gastos para o próximo ano. Isso porque o dinheiro da multa adicional deixará de passar pela conta única do Tesouro Nacional, não sendo mais computado dentro do limite máximo de despesas do governo.

Seguro obrigatório DPVAT será extinto 

O presidente Jair Bolsonaro assinou medida provisória que extingue o Seguro DPVAT a partir de 1º de janeiro de 2020.

A nova medida visa evitar fraudes e diminuir os custos de supervisão e de regulação do seguro por parte do setor público, atendendo a uma recomendação do Tribunal de Contas da União.

De acordo com a Susep, o volume de reclamações do DPVAT é um dos maiores do mercado e a empresa administradora do seguro, a Seguradora Líder, é a 2ª colocada no ranking de reclamações da Susep.

Você gostou? 

Mais de 700 mil empresas podem ser excluídas do Simples Nacional

Você tem microempresas e/ou empresas de pequeno porte inscritas no Simples Nacional entre os clientes da sua carteira? 

Então, fique atento(a)!

A Receita Federal notificou um total de 738.605 estabelecimentos em todo o país que estão em débito com o Fisco. Caso não regularizem sua situação, elas poderão ser excluídas do sistema simplificado de tributação em 31 de dezembro de 2019.

As dívidas acumuladas por essas empresas ultrapassam a casa de R$ 21 bilhões. 

A varredura tem como objetivo conferir se as empresas brasileiras estão em conformidade com as condições de enquadramento no Simples Nacional.

Não deixe de verificar se está tudo em ordem com os clientes e, para saber mais, clique aqui

AS ÚLTIMAS DO MERCADO

Dólar sobe 5,8% em Novembro

Essa é a hora que quem está planejando aquela viagem de férias para a Disney com a família já começa a olhar para outros destinos, rs.   

O dólar passou Novembro inteiro negociando na casa dos R$ 4,20 e não há sinais de mudanças que justifiquem uma queda em Dezembro. 

Ibovespa avança pelo 3º mês seguido 

O Ibovespa fechou Novembro atingindo seu terceiro avanço mensal consecutivo, subindo 0,7% e acumulando uma alta de 6,8% desde agosto. 

Neste mês, o índice foi impactado por grandes eventos, como o megaleilão do pré-sal, que frustrou expectativas ao atrair pouco capital estrangeiro, e a soltura do ex-presidente Lula, que deixou o mercado instável diante da insegurança jurídica e política que surgiram como impactos da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de acabar com a possibilidade de prisão em segunda instância.

 PRAZOS

  • No último dia 29/11, a Caixa liberou  mais uma etapa do saque-imediato do FGTS, que paga até R$ 500 por conta ativa ou inativa, para trabalhadores nascidos em Agosto. 
  • Internamente, não deixe de colocar um prazo para fazer a apuração dos resultados de 2019 e também o planejamento de 2020, incluindo metas e um plano de ação. Essas práticas são essenciais para conseguir alcançar os resultados que você deseja! 

Gostou da nossa curadoria sobre as últimas novidades? 

Deixe o seu comentário!

Ah, e não esqueça de preencher o seu e-mail nos nossos campos de cadastro para você ficar por dentro do mercado contábil 😉

Gostou do artigo?

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on linkedin
Compartilhe no Linkedin

Deixe um comentário!